simone villa

arquiteturaurbanismodesigncomportamentoqualidadeambientalfuncionalidadeflexibilidademodosdemorardomesticidadeavaliaçãopós-ocupaçãoeficiênciatecnologi

LINHAS DE PESQUISA

[AVALIAÇÃO PÓS-OCUPAÇÃO EM HABITAÇÕES] Objetivo: Esta linha de pesquisa parte da hipótese de que a qualidade projetual em habitações tende a melhorar através da montagem e observação de bancos de dados municiados por APO que incluam técnicas de percepção física do ambiente construído, bem como a interação entre este ambiente e o comportamento dos usuários. Para tal objetiva-se a proposição de procedimentos metodológicos avaliativos eficientes na busca por informações, dados e parâmetros para retroalimentar projetos futuros.

Palavras-chave: Avaliação Pós-Ocupação; Abordagem multimétodos; Interfaces Digitais; Qualidade dos espaços; Funcionalidade e sustentabilidade; Comportamento e modo de vida.

[RESILIÊNCIA NA HABITAÇÃO SOCIAL] Objetivo: As atuais mudanças sociais e climáticas observadas requerem uma revisão urgente de estratégias de urbanização em todo o mundo, a fim de reduzir o impacto ambiental e social, bem como desenvolver a resiliência de seu ambiente construído. Os principais desafios são o adensamento dos subúrbios de baixa densidade, o uso de sistemas construtivos e materiais apropriados, técnicas de design e construção para zonas climáticas específicas, bem como a adaptação habitacional existente com as novas tecnologias. Nos países em desenvolvimento, a baixa qualidade da arquitetura e do urbanismo aumentam a vulnerabilidade social que aflige milhões de pessoas com dificuldade de acesso à habitação que se encontram hoje em condições precárias. No Brasil, quando os programas habitacionais do governo tentam resolver este déficit, os baixos padrões definidos levam a casas altamente inadequadas para seus habitantes, obrigando-os a fazer mudanças em edifícios que não estão necessariamente preparados para a adaptação, levando ao desperdício de material e ineficiência de recursos. Nesse contexto a presente pesquisa pretende fazer luz à adaptabilidade e resiliência nos conjuntos habitacionais sociais brasileiros em duas frentes: (i) compreendendo seus problemas e limitações e (ii) fomentando transformações locais. Desta forma tem como objetivo principal desenvolver procedimentos metodológicos de avaliação pós-ocupação e co-produção para conjuntos habitacionais de interesse social, tendo como foco a capacidade de adaptação e resiliência do ambiente construído no atendimento às necessidades de seus moradores e o impacto ambiental decorrente dessas transformações em curso.

Palavras-chave: Resiliência; Adaptabilidade; Habitação de interesse social; Avaliação Pós-Ocupação; Co-produção; Modelagem Paramétrica; 

[PRODUÇÃO DA HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL] Objetivo: Metodologias projetuais e análise da qualidade de habitações de interesse social. Análise de projetos (experiências) nacionais e internacionais enfatizando a qualidade da habitação nas três instâncias: (i) mobiliário – objeto; (ii) moradia edificação e (iii) território bairro. Modelos históricos de habitações sociais enfatizando as metodologias projetuais adotadas e a relação com o contexto econômico-social da época. Relação entre os modelos propostos atualmente nas cidades brasileiras e o atendimento às demandas da sociedade. Leitura dos exemplos projetuais: (i) da qualidade do projeto de arquitetura; (ii) do protagonismo do espaço exterior urbano; (iii) da adequação da gestão local; (iv) da satisfação residencial e (v) da regeneração urbana.

Palavras-chave: Habitação de interesse social; Qualidade funcional e ambiental; Flexibilidade; Tecnologias sustentáveis; Processo de projeto; Avaliação Pós-Ocupação.

[PRODUÇÃO DA HABITAÇÃO VERTICALIZADA EM CIDADES MÉDIAS] Objetivo: Tem como objetivo analisar a produção de edifícios de apartamentos em cidades médias a partir de leituras projetuais e diagnósticos de sua qualidade espacial (funcionalidade) e ambiental (sustentabilidade). Tal análise será fundamentada, principalmente, por meio da aplicação da avaliação pós-ocupação e de análises dos padrões projetuais existentes, visando a proposição de bancos de dados de informações que alimentem novos processos projetuais e procedimentos projetuais revisitados.

Palavras-chave: Edifício de Apartamento; cidades médias; Avaliação Pós-Ocupação; Qualidade funcional e ambiental; Comportamento e modo de vida; Processo de projeto.

[SUSTENTABILIDADE EM EDIFÍCIOS HABITACIONAIS] Objetivo: Estudos relativos a avaliação e aplicação de conceitos de sustentabilidade, conforto ambiental e eficiência energética: bioclimatismo em edificações e desenho urbano, aproveitamento de energias alternativas e materiais de construção, utilização consciente de recursos naturais como água, ventilação e iluminação natural, alternativas de projeto e atuação dos arquitetos no sentido de minimizar o impacto ecológico, ambiental e a redução de emissão de gases poluentes e causadores do efeito estufa.

Palavras-chave: Sustentabilidade; Eficiência energética; Arquitetura bioclimática; Comportamento e modo de vida; Tecnologias sustentáveis; Avaliação Pós-Ocupação.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s